• AGÊNCIA OX

Entenda o que é e-mail marketing e aprenda a colocar essa estratégia em prática



O e-mail marketing é uma estratégia do Marketing Digital que se baseia no disparo de e-mails para um determinado público, seja ele proveniente de uma base de contatos de clientes ou leads gerados por meio de outras estratégias.


O e-mail marketing foi, durante muito tempo, sinônimo de spam e comunicações intrusivas.

Porém, graças ao avanço da automação de marketing, esse canal se tornou a melhor maneira de entregar as mensagens certas, para as pessoas certas, na hora certa.


Além de ser uma excelente ferramenta para profissionais de Marketing Digital e Inbound Marketing, o e-mail é um canal extremamente democrático. De acordo com uma pesquisa realizada pela Pew Research, 92% dos adultos online utilizam e-mail.


Portanto, ao contrário do que muitos acreditam, o e-mail marketing não morreu, e pode ser uma ótima maneira de crescer seu negócio!


Este guia foi feito tanto para quem é iniciante e quer saber mais sobre como começar a fazer e-mail marketing, quanto para quem já tem uma estratégia estabelecida e está buscando maneiras de otimizá-la.


O que é e-mail marketing?



O e-mail marketing é uma estratégia de Marketing Digital baseada na comunicação entre uma empresa e seus consumidores ou leads, via e-mail. Esse contato por meio do disparo de e-mails pode ser feito a partir de uma segmentação dos contatos em conjunto com o uso de ferramentas de automação, capazes de escalar o processo de personalização das mensagens.


No início do uso do e-mail como ferramenta de marketing, ele era visto como uma versão digital de propagandas enviadas via correspondência (também conhecidas como “mala direta”). Assim, o e-mail era visto como um canal de comunicação em massa e as mensagens enviadas estavam longe de ser relevantes para quem as recebia.


Por essa razão, durante muitos anos o e-mail marketing era visto como uma comunicação invasiva. Mas ele evoluiu, e hoje os melhores profissionais de marketing enxergam que o e-mail é uma das maneiras mais pessoais de se comunicar com consumidores, através de uma troca direta de mensagens.


Por que utilizar e-mail marketing?


Nos últimos tempos, as redes sociais têm ganhado os holofotes no marketing digital. No entanto, o e-mail marketing também pode ser uma ótima opção para quem coleta endereços de e-mail e quer aumentar a relevância da sua marca entre esses contatos.


Grande alcance


Segundo a Radicati, em 2015 existiam 2,5 bilhões de usuários de e-mail, e a tendência é que esse número chegue a 3 bilhões em 2020.


Nosso endereço de e-mail concentra todas as ações que fazemos em outros canais. Toda vez que criamos um login em qualquer site, por exemplo, utilizamos o endereço de e-mail. Assim, ele é uma parte essencial das atividades de um usuário na Internet.


Alcance previsível


Quando uma empresa faz um post em uma rede social, como o Facebook, nem todas as pessoas que seguem sua página verão sua mensagem. Isso ocorre devido a algoritmos que determinam quais mensagens são mais relevantes para cada usuário.


Por essa razão, o alcance de posts em redes sociais não é previsível. Ou seja, você não tem controle de quantas pessoas realmente visualizarão seu post.


Já no e-mail marketing, o mesmo não acontece. Uma das grandes vantagens desse canal é seu alcance previsível. Isso significa que se você selecionar 100 endereços de e-mail para enviar sua mensagem, todos os 100 receberão seu e-mail na caixa de entrada.


Formato flexível


O e-mail é a tela em branco que todo profissional de marketing digital procura. Mensagens enviadas por e-mail não têm limites de caracteres, podem conter imagens e até GIFs.


Um e-mail pode ser feito com templates e incluir elementos gráficos, ou pode conter apenas texto, como se você estivesse escrevendo mensagens pessoais para todos os seus contatos.

Por meio dele, você pode comunicar mensagens curtas, incluir diversos links para páginas da web, ou contar uma história longa. Portanto, o e-mail pode ter o formato de que você desejar!


Alto retorno financeiro


Para começar uma estratégia de e-mail marketing, você precisa de apenas 3 ingredientes: um domínio (por exemplo, “rockcontent.com”), uma ferramenta de e-mail marketing e uma pessoa para executar a estratégia.


Escolher uma boa ferramenta de e-mail marketing é essencial. Existem diversas opções no mercado que atendem a todos os níveis de necessidade, incluindo ferramentas gratuitas como o Mailchimp.


Independentemente da ferramenta que você escolher, o investimento não será muito alto. Por isso, o e-mail é o canal de marketing digital que apresenta melhor retorno financeiro — você não precisa investir muito inicialmente, e tem a possibilidade de gerar um grande volume de receita.


Qual o papel do e-mail marketing na sua estratégia de marketing?



Embora o e-mail marketing seja vinculado com frequência a uma abordagem promocional e comercial, ele vai muito além dessa estratégia.


Quando alguém dá permissão a uma empresa de enviar e-mails diretamente na sua caixa de entrada, esta pessoa está dando acesso a uma parte da sua vida pessoal, assim como abertura a conversa. Afinal, nosso e-mail é o que utilizamos não só para receber mensagens de empresas que gostamos, mas também para nos relacionar com amigos, família e colegas de trabalho.


Portanto, em uma estratégia de marketing, o e-mail é o canal que permite se comunicar de maneira mais pessoal com seus potenciais clientes. E isso pode trazer resultados incríveis! Confira abaixo como o e-mail marketing se encaixa na sua estratégia de marketing digital.


Engajar os leads


Quando uma pessoa opta por receber e-mails da sua empresa, ela espera que você mantenha contato com ela de tempos em tempos. Isso pode parecer óbvio, mas muitas empresas se esquecem de manter um relacionamento constante com sua base de contatos via e-mail!


Portanto, o e-mail marketing pode ser utilizado na sua estratégia de marketing para engajar seus leads. Isso pode fazer com que seus leads se lembrem sempre de você, aumentando as chances de que eles virem clientes.


Promover seus conteúdos


Se você tem um blog, sabe que promover os conteúdos que você produz é essencial para o sucesso da sua estratégia.


Existem vários canais que você pode utilizar para promover seus conteúdos, e o e-mail é um deles! O envio de uma newsletter, por exemplo, pode contribuir para que os posts do seu blog ganhem mais acessos, e assim aumentar a sua visibilidade na Internet.


Nutrir e educar seus leads


A nutrição de leads é uma das estratégias mais importantes do Inbound Marketing. Apenas com ela é possível transformar seus assinantes em leads, e seus leads em clientes. Para que isso aconteça, é necessário educar seus contatos sobre seu negócio e estreitar seu relacionamento com eles.


O e-mail é o melhor canal para nutrir seus leads, pois apenas ele permite que você envie mensagens personalizadas para as pessoas certas, no momento certo. Portanto, se você utiliza uma ferramenta de automação de marketing, poderá utilizar o e-mail marketing para nutrir e educar seus leads.


Vender


Você já recebeu e-mails com ofertas ou promoções na sua caixa de entrada? Muitas empresas, especialmente aquelas que vendem produtos diretamente para consumidores — como roupas e passagens aéreas —, utilizam esse canal para aumentar suas vendas.


Hoje em dia, é possível estimular seus contatos a realizar transações com apenas um clique a partir do e-mail. E, em breve, o pagamento diretamente no e-mail também será uma realidade. Portanto, aproveite o e-mail marketing para promover seus produtos!


Se relacionar com consumidores e clientes


Depois de fechar uma compra, você não pode se afastar dos seus clientes! A parte de encantá-los é uma das mais importantes da metodologia inbound e você precisa prestar atenção nela.

Compradores satisfeitos trazem diversos benefícios para seu negócio, e você pode manter esse relacionamento por e-mail. Aproveite este canal para enviar para seus clientes conteúdos relevantes, além de descontos e promoções.


Quais tipos de e-mail sua estratégia precisa ter?



Para começar a entender como montar uma campanha de sucesso e como inserir o e-mail marketing no dia a dia do marketing digital da sua empresa, é importante conhecer os diferentes tipos de e-mail que a sua empresa pode enviar.


Atualizações do Blog


Esse é o tipo de e-mail que você já deve estar acostumado a ver. É aquele que anuncia quando um conteúdo novo é postado no seu blog.


Eles são excelentes para começar a interagir mais com seus leitores. Quando alguém se inscreve na sua lista pela primeira vez, é bem provável que esses sejam os primeiros e-mails que ele vai receber.


É uma maneira de manter a sua lista ativa e em contato com os novos conteúdos que você posta, além de aumentar as chances de você gerar leads com os CTAs dentro dos seus textos.


Newsletter


A newsletter é uma velha conhecida de e-commerces e de blogs. Muitas empresas enviam para seus contatos atualizações mensais ou semanais com os principais posts do blog e notícias da empresa ou do mercado.


Se você realmente quer que a sua newsletter seja lida, invista tempo em criar uma newsletter que tenha identidade própria e que contenha conteúdos relevantes para seus leitores. Não se esqueça de incluir links para levar o leitor para páginas externas em que ele possa ler mais sobre aquele assunto.


Convites para eventos


E-mails são excelentes para promover eventos que você está organizando. O grande desafio aqui é apresentar de forma clara porque esse evento vale o comparecimento dos seus contatos.


Na hora de escrever e-mails que promovem eventos, não se esqueça de incluir todas as informações necessárias, como local, data, hora, limite de participantes, entre outros. E lembre-se de colocar em destaque o link para a página de inscrição ou compra de ingressos!


E-mails de nutrição de leads


Dependendo da ação que a sua persona decidir fazer dentro do seu blog ou site, você pode querer inseri-la em um fluxo de nutrição. A nutrição consiste em uma série de e-mails com conteúdo relevante e segmentado. Como o nome sugere, esses são e-mails que ajudam a lead a caminhar pelo funil de vendas até uma posição clara de compra.


Identificando um grupo de contatos que você sabe que tem interesse em um assunto específico, você pode continuar a conversa com mais conteúdos relevantes e segmentados que aumentam a probabilidade dessas leads continuarem em contato com a sua empresa.


Como começar: ferramentas e templates



Se você começar sua estratégia de e-mail marketing agora, precisa de um ingrediente fundamental: uma ferramenta, ou software, que realize disparos de e-mail em massa.

A ferramenta mais indicada para iniciantes é o Mailchimp, pois além de possuir uma versão gratuita, sua utilização é fácil e intuitiva. Além dela, outros softwares populares no mercado são o GetResponse, o Mailee e o Mailify.


O e-mail marketing também pode ser feito por meio de softwares completos de automação de marketing, como RD Station e Hubspot. Estas são ferramentas que realizam várias funções além do e-mail marketing, como gestão de redes sociais, lead tracking, gestão de blogs, entre outros.


Como escolher o template ideal para seus e-mails


Com uma ferramenta em mãos, o próximo desafio será escrever seu primeiro e-mail. E, para isso, você vai precisar escolher qual template utilizar!


É possível criar um template do zero, em HTML, ou utilizar templates prontos que são fornecidos por ferramentas como a Mailchimp. A última opção é a mais simples, pois reduz o seu trabalho.


Quando for escolher seu template, busque um que seja responsivo, ou seja, que se adapte a dispositivos móveis. Hoje em dia, a maioria das pessoas leem e-mails em smartphones ou tablets. Portanto, se seu template não for responsivo a esses dispositivos, a leitura dos seus e-mails ficará muito difícil (ou até mesmo impossível).


Além de responsivo, seu template deve ter espaço para imagens e texto. Muitas empresas enviam e-mails que contém apenas imagens. No entanto, alguns provedores consideram esse tipo de e-mail como spam. O ideal é mesclar blocos de imagem e texto, o que torna seu e-mail mais leve e agradável de se ler.


Finalmente, na hora de buscar o template ideal, lembre-se que menos é mais. Por mais clichê que essa expressão seja, simplicidade é a chave para focar a atenção do seu leitor no que você deseja — seja o conteúdo do e-mail, o call-to-action, o compartilhamento ou outra ação que você queira que ele realize.


Construindo uma lista de e-mails


Por mais triste que seja, uma lista de contatos de e-mail cai em 22,5% a cada ano. Endereços de e-mail mudam, pessoas abandonam contas antigas e contatos optam por sair da sua lista.


Por esse motivo, um dos aspectos mais desafiadores de uma estratégia de e-mail marketing é construir e crescer sua lista de contatos. Mas por onde começar?


A primeira solução que vem em mente, muitas vezes, é comprar uma lista de e-mails. Porém, a regra de ouro do e-mail marketing é nunca comprar listas de contatos! Vamos explicar o porquê.


Por que comprar uma lista de e-mails é um dos maiores erros que você pode cometer?


A caixa de entrada de uma pessoa é um espaço extremamente pessoal. É ali que ela lida com mensagens do trabalho, assim como assuntos pessoais.


Portanto, se alguém forneceu seu endereço de e-mail para você, quer dizer que essa pessoa está disposta a interagir com você.


Ao comprar uma lista, você está adquirindo endereços de e-mail que não escolheram receber mensagens suas. Portanto, nenhuma destas pessoas deu permissão para você enviar mensagens diretamente em suas caixas de entrada.


Além disso, listas prontas também costumam conter endereços de e-mail falsos, inexistentes ou com erros de digitação — o que indica aos provedores que você está enviando e-mails para uma lista comprada, levando a uma possível penalização pelos provedores.


Ou seja, comprar uma lista de e-mails é um prato cheio para prejudicar a imagem da sua empresa.


Construir uma lista de e-mails demanda tempo e esforço, mas continue lendo para conferir as dicas que vão tornar esse processo mais fácil.


Como construir uma lista de e-mails de qualidade?


O primeiro passo para começar a coletar e-mails é adicionar, no seu blog, um espaço onde seus visitantes podem cadastrar seus e-mails para receber comunicações suas, como newsletters, promoções e novidades.


Algumas ferramentas facilitam essa coleta de e-mails. Lembre-se que quanto mais simples for o processo para seus usuários cadastrarem seus e-mails, mais endereços você vai coletar. Portanto, facilite a experiência do usuário no seu blog.


Você pode querer pedir outras informações, além do e-mail, no momento do cadastro. Isso é normal, mas fique atento apenas para não fazer perguntas em excesso. Isso pode assustar seus visitantes e fazer com que eles desistam de fornecer o endereço de e-mail para você.


Uma prática importante, que garante o sucesso da sua estratégia de e-mail marketing, é a segmentação da base de e-mails. A segmentação permite que você envie mensagens mais personalizadas, impactando diretamente no engajamento dos leitores.


Essa divisão pode ser feita de forma mais generalizada ou mais específica. Você pode levar em consideração fatores como: localização, idade, ocupação, posição na empresa, compras anteriores, estágio no funil de vendas.


Finalmente, lembre-se que construir uma boa lista de e-mails envolve dois componentes: conseguir novos contatos e manter os que você já tem. Para manter seus contatos por perto, envie sempre conteúdos que sejam relevantes. Caso contrário, você pode perder tudo que trabalhou para conquistar.


Dicas para escrever e-mails incríveis



Quando você já tiver uma ferramenta para enviar e-mails, um template e uma lista de contatos, estará ansioso para enviar seu primeiro e-mail.


Existem algumas boas práticas que devem ser seguidas se você quer escrever e-mails incríveis para seus assinantes. Confira!


Mantenha o texto curto


Você sabia que o tempo médio de atenção dos seres humanos hoje em dia é de 8 segundos? Com isso em mente, fica claro que você precisa ser claro e objetivo na hora de escrever seus e-mails.


Revise e edite seus e-mails para se livrar de tudo que não é necessário para comunicar sua mensagem. Vá direto ao ponto do que você quer falar, e evite distrações.


Use a linguagem adequada


Quando estiver escrevendo seus e-mails, considere quem estará do outro lado lendo. Ou seja, qual é a persona dos seus e-mails?


A partir disso, você poderá determinar qual tom de voz usar, e que tipo de expressões, jargões e gírias você deve evitar.


Estabeleça um tom de conversa


O e-mail serve para nutrir relacionamentos com sua lista de contatos. Portanto, crie proximidade nos seus textos, trate seu leitor pelo nome e fale de uma maneira que vai ressoar com seus contatos. Dessa maneira, você cria com eles um diálogo bilateral.


Como levar sua estratégia de e-mail marketing para o próximo nível?



Até agora, cobrimos o conhecimento básico que você precisa para começar uma estratégia de e-mail marketing que vá contribuir para o seu relacionamento com seus assinantes.


Depois de tudo isso implementado, você pode se perguntar quais são os próximos passos para levar sua estratégia para um outro nível, em que você poderá gerar oportunidades de negócio, entregar mensagens personalizadas e otimizar suas campanhas para alcançar os melhores resultados.


O passo mais importante para que isso possa acontecer é estabelecer um plano de ação. Ele vai te ajudar a definir uma periodicidade de envio de e-mails, assim como determinar quais tipos de e-mail enviar e para quem. Assim, você terá uma estratégia estruturada e estará à frente de muitas outras empresas.


Referência: https://rockcontent.com/br/blog/